Blog

Um espaço com textos e reflexões sobre interrogações que tenho e aprendizagens que vou retirando da vida. Não pretendem ser verdades absolutas, nem "sermões" nem análises sobre como viver. Apenas uma pequena partilha de alguém no caminho, que se procura conhecer e encontrar a sua paz. 

Set 06

Parar

Com um despertar sempre bem matutino, dou por mim abrir os olhos aos primeiros raios de sol que entram pela janela deste quarto centenário, de uma casa que tem o peso de muitos, muitos anos e que me fascina pela sua solidez, estabilidade, permanência...

Para mim os últimos dias não têm sido fáceis. Tempos em que todos os meus sentidos estão excessivamente voltados para fora, com tanto ruído, informação e desinformação e o encarar obrigatório da imprevisibilidade e mutabilidade da vida...